quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Estamos trabalhando

Olá amigos! O serviço de encomendas está funcionando normalmente e aqui no blog é possível visualizar os principais conteúdos, porém estamos modificando algumas coisinhas por aqui para serví-los melhor! Portanto, desculpem-nos pelo transtorno  =)

Gratidão pela compreensão!

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Vegetarianismo está na Bíblia!

Enquanto a Bíblia – em muitas partes – parece respaldar o consumo de carne, tais passagens não devem ser tomadas fora de contexto.


Ao invés de utilizar o recurso de emergência de Noé (depois do dilúvio, no qual toda a vegetação foi arrasada) tal como se afirma em Gênesis 9:3, uma dieta mais apropriada é a original, que foi enunciada pelo Senhor em Gênesis 1:29:

“E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.”

Logo Deus indica – no verso seguinte – que esta dieta é “boa”, enquanto a outra à qual fez referência (a que contém carne) foi permitida “simplesmente para satisfazer a luxúria”.

Isso está muito claro, porém, novamente, tudo deve ser estudado dentro do contexto.

O exemplo das codornizes que Deus significativamente, enviou para os filhos de Israel depois que “se cansaram” de sua mana (Números 11:31) é um dos principais exemplos do fato de citar fora do contexto. Apesar dos versos 31 e 32 descreverem as codornizes e o banquete subsequente, o verso 33deve ser lido para reforçar o pleno impacto dessa passagem:

“Quando a carne estava entre os seus dentes, antes que fosse mastigada, se acendeu a ira do SENHOR contra o povo, e feriu o SENHOR o povo com uma praga mui grande.”

Deus não estava contente com o fato de que o povo comesse carne.

Isso também se torna claro quando estudamos a história dos princípios da igreja, uma época na qual os padres fundadores desta haviam aderido ao ideal vegetariano. Você pode estudar suas vidas: Tertuliano, Orígenes, São João Crisóstomo. A lista segue e segue. Fazendo um parêntese, o fato de que estes padres pioneiros da igreja foram vegetarianos reconhecidos constitui uma evidência importantíssima do que poderíamos ter lido na Bíblia antes dela ser moldada pelos vários Concílios Ecumênicos.

Não foi até a época do imperador Constantino (séc. IV) que os cristãos vegetarianos tiveram de começar a se esconder, pelo fato de que Constantino era um comedor de carne. Ele era também um maníaco e os livros de históricos da igreja abundam em histórias sobre como encher de chumbo derretido as gargantas dos cristãos vegetarianos, devido à dieta que seguiam. Incidentalmente, ele também matou sua esposa jogando-a em uma tina de água fervente.

O conhecimento das escrituras é simples para aquele que é simples, mas difícil para aquele que está desviado. A Bíblia diz claramente “Não matarás” (Êxodo 20:13). Não poderia ser dito de forma mais simples.

O termo exato em hebreu é “lo tirzach”, que, de forma precisa, se traduz “Não matarás”.

Um dos maiores eruditos de linguística Hebreu/Inglês (do século XX) Reuben Alcalav – escreveu em seu gigantesco livro “O dicionário Completo Hebreu/Inglês” que “tirtzach” se refere a qualquer tipo de matança. A palavra “lo”, como podem suspeitar, significa “não deves”. Não mate! Afinal, a Bíblia é muito clara neste ponto.

Aqui podemos fazer uma comparação com a literatura Védica, que também é clara neste aspecto. De fato, os Vedas levam este ponto mais além do vegetarianismo, devido ao fato de também existir uma reação pecaminosa por matar vegetais. Portanto, os Vedas prescrevem uma dieta lactovegetariana – que seria a menos danosa aos seres vivos – e um processo especial para liberar a pessoa das mínimas reações pecaminosas que possam surgir de matar as plantas. O processo se explica de forma básica no texto do Bhagavad-gita, e é mais elaborado no Srimad Bhagavatam. Depois de aplicar o processo – que se baseia no canto do Santo Nome do Senhor com amor e devoção – os alimentos recebem o nome de prasadam, uma palavra sânscrita que significa “a misericórdia do Senhor”.

Jesus: exemplo da misericórdia com os animais

Muitos leitores da Bíblia, obviamente influenciados em suas opiniões por hábitos pessoais, insistem na teoria de que Cristo teria comido carne animal. A persistência em preconceitos utilizados para sustentar uma tradição existente tem sido uma característica humana por muitos séculos, mas a verdade não pode ser oculta para sempre.

O respeitado erudito da Bíblia, reverendo V. A. Holmes-Gore investigou o uso frequente da palavra “carne” dos Evangelhos do Novo Testamento. Ele rastreou seu significado até o grego original. Suas descobertas foram inicialmente publicadas em “Fórum Mundial” no outono de 1947. Revelam que as 19 referências à carne nos Evangelhos deveriam ter sido, de forma precisa, traduzidas das seguintes formas:

A seguir são citadas uma série de palavras gregas com seus correspondentes significados:

Broma: “alimento”; Brosis: “o ato de comer”; Brosimos: “aquilo que pode ser comido”; Trophe: “sustento, nutrição”; Prosphagon: “algo que comer”.

Portanto, a Versão Autorizada de João 21:5, que aparece muitas vezes como “Tendes algo de carne?” é incorreta. Deveria ter sido escrita: “Tendes algo de comer?”, como de fato aparece em algumas versões atualizadas da Bíblia.

“Peixe” é outra palavra mal traduzida com frequência na Bíblia. Este termo é frequentemente referido não à forma vivente que nada, mas sim ao símbolo com o qual os primeiros cristãos podiam se identificar entre si. Era um símbolo secreto, necessário em tempos de perseguição, anterior à aceitação oficial do cristianismo como uma religião do estado.

O símbolo do peixe era um símbolo místico e uma senha na conversa, derivada da palavra grega peixe “ichtus”. Como tal, representava um acróstico, composto de letras iniciais da frase grega “Iesus Cristos Theo Uios Soler” – “Jesus Cristo Filho de Deus, Salvador”.

Frequentemente, referências ao peixe tinham a intenção de ser simbólicas do Cristo, não tendo nada a ver com o ato de comer um peixe morto. Mas o símbolo do peixe não contou com a aprovação Romana. Eles preferiram o símbolo da cruz, escolhendo centrar sua atenção na morte de Cristo, ao invés de focar em sua brilhante existência.

Talvez esta seja uma das razões pelas quais somente uns 10% da vida de Jesus aparecem nas escrituras canônicas. A maior parte de seus primeiros trinta anos é omitida. Quantos adoradores voltam da igreja a seus lares e se sentam ante um cadáver cortado de um inocente animal, a despeito dos mesmos mandamentos que há um momento estavam repetindo e prometendo? Os seguintes versos deveriam esclarecer qualquer mal-entendido que o leitor ainda possa ter com respeito a esse assunto.

A Carne no Antigo Testamento

“E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento.”
Gênesis 1:29

Mostra que a verdadeira dieta do homem é vegetariana.

“A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis.
Certamente requererei o vosso sangue, o sangue das vossas vidas; da mão de todo o animal o requererei; como também da mão do homem, e da mão do irmão de cada um requererei a vida do homem.”
Gênesis 9:4-5

Mostra que não é permitido ao homem comer carne, e se ele o faz, pagará com sua própria vida. E será morto por aquele a quem matou. Isso, na tradição védica, é denominado karma, e podemos observar aqui como tal conceito se manifesta também na Bíblia.

“De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios, diz o SENHOR? Já estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; nem me agrado de sangue de bezerros, nem de cordeiros, nem de bodes. (…) Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei, porque as vossas mãos estão cheias de sangue.”
Isaías 1:11,15

Mostra que Deus não aceita nem as orações de um comedor de carne.

“Quem mata um boi é como o que tira a vida a um homem”
Isaías 66:3

Mostra que a matança de vacas se iguala ao homicídio.

“Estatuto perpétuo é pelas vossas gerações, em todas as vossas habitações: nenhuma gordura nem sangue algum comereis.”
Levítico 3:17

Este mandamento tem seu truque: Não se pode comer carne e não comer sangue. Essa é a origem da ideia da comida Kosher (carne à qual se tenha escorrido o sangue). Isso é comparado a evacuar sem derramar nem uma gota de urina. Impossível!

“E qualquer homem da casa de Israel, ou dos estrangeiros que peregrinam entre eles, que comer algum sangue, contra aquela alma porei a minha face, e a extirparei do seu povo.”
Levítico 17:10
Note o termo “algum sangue”. Toda carne contém sangue.


‎”O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas criaturas.”

Salmos 145:9


“O justo olha pela vida dos seus animais.”

Provérbios 12:10


“Pois misericórdia quero, e não sacrifícios; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.”

Oséias 6:6


“Se vires deitado debaixo da sua carga o jumento daquele que te odeia, não passarás adiante; certamente o ajudarás a levantá-lo.”

Êxodo 23:5


“Se vires o jumento ou o boi de teu irmão caídos no caminho, não te desviarás deles; sem falta o ajudarás a levantá-los.”

Deuteronômio 22:4


“Melhor é a comida de hortaliça, onde há amor, do que o boi cevado, e com ele o ódio.”

Provérbios 15 : 17


A Carne e o Novo Testamento

Esta seção mostra como certas palavras foram traduzidas erroneamente na versão King James da Bíblia. As traduções corretas são obtidas do Dicionário Interlinear do Novo Testamento Grego/Inglês de Nestle Aland, que também apresenta referências à versão King James.


“E este João tinha as suas vestes de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e de mel silvestre.”
Mateus 3:4


A palavra usada aqui é trophe, sustento. Também note que a palavra gafanhoto (locust, em inglês) se refere a “locust beans”, ou seja, alfarrobas – vagens semelhantes aos feijões, que são comestíveis. A árvore de alfarroba é da família das leguminosas e ocorre naturalmente na região do Oriente Médio.


“E o seu espírito voltou, e ela logo se levantou; e Jesus mandou que lhe dessem de comer.”
Lucas 8:55


A tradução acima está correta, pois a palavra usada aqui é phago: comer. Em algumas traduções aparece a palavra “carne” ao invés de “comer”.



“E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer?
Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel;
O que ele tomou, e comeu diante deles.”
Lucas 24:41-43


A palavra usada aqui é “brosimos”, comestível, e foi corretamente traduzida na versão acima, porém, aparece como carne em algumas traduções. É importante atentar para a última frase: “o que ele comeu…”, ou seja, foram oferecidos a Jesus o peixe e o favo de mel, e ele escolheu comer o mel. Podemos relembrar aqui o verso de Isaías 7:15, que confirma tal escolha de Jesus:


“Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel.
Manteiga e mel comerá, quando ele souber rejeitar o mal e escolher o bem.”
Isaías 7:14-15


Em muitas traduções da Bíblia para o português, o verso acima de Lucas é apresentado sem a citação do favo de mel, ou seja, como se houvesse sido oferecido a Jesus apenas o peixe.


“Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida.”
João 4:8


Este é outro verso que, em algumas traduções aparece a palavra “carne” ao invés de “comida”. Comida é o mais correto, pois no original a palavra grega utilizada é trophe – sustento.


“E, tendo comido, ficou confortado. E esteve Saulo alguns dias com os discípulos que estavam em Damasco.”
Atos 9:19


Aqui também, em algumas traduções, aparece “E, tendo recebido carne…”. A palavra utilizada aqui no original em grego é trophe: sustento. Portanto, a tradução acima está correta, e não aquelas que dizem que ele comeu carne.


“E, entretanto que o dia vinha, Paulo exortava a todos a que comessem alguma coisa, dizendo: É já hoje o décimo quarto dia que esperais, e permaneceis sem comer, não havendo provado nada.
Portanto, exorto-vos a que comais alguma coisa, pois é para a vossa saúde; porque nem um cabelo cairá da cabeça de qualquer de vós.
E, havendo dito isto, tomando o pão, deu graças a Deus na presença de todos; e, partindo-o, começou a comer.
E, tendo já todos bom ânimo, puseram-se também a comer.”
Atos 27:33-36


Esse é outro trecho que, em algumas traduções (principalmente nas traduções para o espanhol), aparece a palavra “carne” ao invés de “comer”. Como a palavra usada aqui no original em grego é trophe (= sustento), a tradução acima está correta, pois não fala de carne, mas sim, de pão.


“E, levando-os à sua casa, lhes pôs a mesa; e, na sua crença em Deus, alegrou-se com toda a sua casa.”
Atos 16:34


Este verso também, em algumas versões, traduz “mesa”, no original em grego “trapesa” (= mesa), como se fosse carne, o que seria uma mentira.


“Mas, se por causa da comida se contrista teu irmão, já não andas conforme o amor. Não destruas por causa da tua comida aquele por quem Cristo morreu.”
Romanos 14:15


A palavra usada aqui é “broma” (=comida ou alimento), traduzida corretamente no verso acima. Pode ser considerada uma referência indireta ao vegetarianismo também, já que o ato de comer carne entristece muitos de nossos irmãos, em especial os animais.


“Por isso, se a comida escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize.”
1 Coríntios 8:13


Aqui carne é a palavra mesmo, no grego do texto original da Bíblia “kreas”(= carne). Mais uma citação mostrando como a carne é indesejada para Deus.


“Não destruas por causa da comida a obra de Deus. É verdade que tudo é limpo, mas mal vai para o homem que come com escândalo.
Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça.”
Romanos 14:20-21


Um verso muito bom. Está claro neste trecho que a instrução da Bíblia é: comer carne não é bom.



Outras fontes:

‎”Os vapores das comidas com carne obscurecem o espírito. Dificilmente pode-se ter virtude se se desfruta de comidas e festas em que haja carne. No paraíso terreno não havia vinho, nem sacrifício de animais e tampouco se comia carne.”
(São Basílio)


‎”Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem. Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.”
(São Francisco de Assis)


“1. E vieram alguns dos seus discípulos e falaram-lhe a respeito de certo egípcio, um filho de Belial, que ensinava ser lícita a tortura de animais, desde que seus sofrimentos trouxessem algum benefício aos homens.
2. E Jesus lhes disse: “Na verdade eu vos digo que aqueles que partilham dos benefícios obtidos praticando atos contra uma das criaturas de Deus não podem ser íntegros, nem podem aqueles cujas mãos estejam manchadas de sangue, ou cujas bocas estejam contaminadas pela carne, tocar as coisas santas, ou ensinar os mistérios do reino”.3. “Deus concede os grãos e os frutos da terra para alimento [Gênesis, 1:29] e, para o homem íntegro, não há outro sustento para o corpo que seja lícito”.4. “O ladrão que arromba a casa feita pelo homem é culpado, mas aqueles que arrombam a casa feita por Deus, até mesmo a menor delas, são os maiores pecadores. Portanto, digo a todos os que desejam ser meus discípulos: mantende vossas mãos afastadas do derramamento de sangue, e não permitais que qualquer alimento de carne entre pela vossa boca, pois é Deus justo e magnânimo, tendo ordenado que o homem viva somente de frutas e sementes da terra”.5. “Mas, se qualquer animal sofrer muito, e se a sua vida for-lhe uma miséria, ou se for perigosa, libertai-o então rapidamente de sua vida, com o menor sofrimento possível. Despedi-o em amor e misericórdia, porém não o atormenteis, e Deus, o Pai-Mãe, ser-vos-á misericordioso assim como fostes misericordiosos para com aqueles que foram confiados às vossas mãos”.6. “E aquilo que fizerdes ao menor destes meus filhos, a mim o fazeis. Pois eu estou neles, e eles em mim. Sim, estou em todas as criaturas, e todas as criaturas estão em mim. Alegro-me em todas as suas alegrias, e aflijo-me em todas as suas tribulações. Portanto, vos digo: sede complacente uns para com os outros e para com todas as criaturas de Deus”…

(O Evangelho dos doze santos, capítulo 38)


“Os vapores das comidas com carne obscurecem o espírito. Dificilmente pode-se ter virtude se se desfruta de comidas e festas em que haja carne. No paraíso terreno não havia vinho, nem sacrifício de animais e tampouco se comia carne.” (São Basílio)

“Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem… Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.” (São Francisco de Assis)

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Jesus era Vegetariano


Jesus era Vegetariano?

“Pois uma criança nascerá para nós, um filho nos será dado e o governo repousará em seus ombros e seu nome sera chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz.” (Bíblia Sagrada, livro de Isaías).

Como alguém que viveu para defender o amor por toda a humanidade, incluido animais, há ampla evidência que mostra que Jesus viveu sua vida como um pacifista e vegetariano. A primeira evidência clara de que o Mestre Jesus era um vegetariano é que seus apóstolos viviam da dieta de vegetais. O Padre Eusébio da Igreja escreveu em seu trabalho “Demonstração Evangélica”: “Eles (os apóstolos) abraçaram e preservaram em uma árdua e cansativa vida, com jejum e abstinência de vinho e carne.” E em seu texto “História da Igreja”, o Padre Eusébio escreveu que o apóstolo João “nunca comia carne.”

O Padre da Igreja Primitiva São Clemente de Alexandria, que também era vegetariano, escreveu sobre o apóstolo Mateus: “É muito melhor ser feliz do que ter seus corpos atuando como cimitérios para os animais.” Assim, o apóstolo Mateus partilhava de sementes, nozes e hortaliças, sem carne.” E no “Clementine Homilies”, de São Clemente, São Pedro é citado como tendo dito: “Vivo de azeitonas e pão ao qual raramente acrescento hortaliças.”

No evangelho dos Hebreus, que era sagrado para grupos de Cristãos Primitivos tais como os Ebionitas, Jesus Cristo e João Batista são descritos como vegetarianos. Os Ebionitas, bem como os outros grupos de Cristãos Primitivos eram vegetarianos. Os ebionitas aceitavam só o Evangelho de Hebreus como autêntico e criam que este Evangelho era o original Evangelho de Mateus.


Em sua versão do Evangelho de Hebreus, conhecido como o Evangelho dos Ebionitas, Jesus disse: “Eu vim para abolir os sacrifícios, e se você não pára de sacrificar, a ira de Deus não cessará em você.”


Segundo o Evangelho dos Ebionistas, o Senhor Jesus também rejeitou a refeição da Páscoa. “Onde quereis que preparemos para comerdes a Páscoa?” Ao que ele respondeu: “Não tenho nenhum desejo de comer a carne deste Cordeiro Pascal com vocês.”


A visão de que Jesus não comeu o cordeiro na refeição da Páscoa também é apoiada por sua Santidade o Papa Bento XIV, que afirmou: “Em toda a probabilidade ele (Jesus) celebrou a Páscoa com seus discípulos em conformidade com o calendário de Qumram, então pelo menos um dia antes, ele o celebrou sem cordeiro, como a comunidade de Qumram que não reconhecia o Templo de Herodes e estava à espera do novo templo.”


O irmão do Mestre Jesus, Tiago o Justo, também é ralatado ter sido vegetariano. De acordo com o historiador da Igreja Hegesippus e o Evangelho de Tomé, Tiago o irmão de Jesus tornou-se o líder da Igreja Primitiva após a morte de Jesus. Hegesipo, citado por Eusébio, escreveu: “O apóstolo, Tiago o irmão do Senhor, apelidado o Justo, foi nomeado o chefe da Igreja em Jerusalém. Na verdade, muitos são chamados de Tiago. Este foi um Santo desde o ventre de sua mãe. Ele não bebia nem vinho nem bebida forte, não comia carne, nunca raspou-se ou se ungiu com óleo ou banho. Somente ele tinha o privilégio de entrar no Santo dos Santos, pois na verdade ele não usava vestimentas de lã mas de linho e ia sozinho para o templo e orava em favor do povo.”


O estudioso da Bíblia Dr. Robert Eisenman escreveu em seu altamente aclamado livro “Tiago, o irmão de Jesus”: “Por causa da estatura preeminente de Tiago, as fontes para ele revelam-se bastantes abrangentes, mais do que para qualquer outro comparável personagem, mesmo para aqueles familiares a nós como João Batista e Pedro. De fato, fontes extras bíblicas contém mais informações confiáveis sobre Tiago do que sobre Jesus.”


O Dr. Robert Eisenman concluiu: “Quem e seja o que Tiago foi, assim foi Jesus.” Quando Dr. Eisenman foi perguntado se ele poderia presumir que Jesus era vegetariano também, ele respondeu: “Quase certamente.”


Em uma entrevista com a Supreme Master Television, Keith Akers, autora do livro “A Religião Perdida de Jesus”, reafirmou as evidências de que o Senhor Jesus era realmente um vegetariano.


Fonte: Elite Vegetariana no Supreme Master Television.Ver mais

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Dieta Desintoxicante


Dieta desintoxicante

Primeira regra: não comer sem fome! Não havendo fome, só se pode comer frutas cruas.

Desjejum: somente frutas cruas da estação.

Almoço: escolher entre os seguintes alimentos: hortaliças da época com nozes; torta de verduras; queijo fresco; pouco pão (de preferencia torrado); fruta cozida. Comer com fome, evitando conservas, frituras e temperos como pimenta ou mostarda.

Jantar: se há fome, comer como no almoço, porém, em menor quantidade. Geralmente uma salada ou algumas frutas são suficientes.

Em uma dieta desintoxicante, se deve evitar ao máximo doces, carnes, leite, queijo velho e ovos. São totalmente proibidos: carnes, chá, café, chocolate, mate, cacau e bebidas fermentadas nessas dietas.

Segundo Lezaeta Acharán, importante estudioso da medicina natural, há dois tipos de alimentos: alimentos que refrescam e alimentos que enfebram o estômago e o intestino.

Os alimentos que refrescam são os que se comem crus, em seu estado natural, como frutas, sementes, talos, folhas verdes e algumas raízes.

Todo alimento cozido, exigindo esforço digestivo, congestiona as mucosas do estômago, elevando sua temperatura. Esta febre interna é mais intensa com a alimentação cadavérica (à base de carnes), com produtos industrializados e bebidas alcólicas.

Muitas pessoas dizem que não conseguem se satisfazer com frutas e vegetais, mas se sentem satisfeitos quando comem carne. Isso, na verdade, se debe ao fato de que as frutas são digeridas e assimiladas sem esforço por nosso corpo. Já um pedaço de carne obriga o estômago e o intestino a um esforço anormal, congestionando as paredes do tubo digestivo, produzindo gases tóxicos e gerando indigestão. É essa indigestão que, infelizmente, muitas pessoas confundem com uma alimentação suficiente, uma ideia totalmente errada e maléfica para a saúde.


Referências:

“La Medicina Natural al Alcance de Todos” Manuel Lezaeta Acharán, Ed. Nascimento

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Frases e Reflexões


“Nada beneficiará mais a saúde da humanidade e aumentará as chances de sobrevivência da vida na Terra quanto a dieta vegetariana.”

– Albert Einstein (Nobel – 1921)

“Tome partido. Neutralidade ajuda o opressor, nunca a vítima. Silêncio encoraja o torturador, nunca o torturado”

- Elie Wiesel


“O que não concebo é degolar um cabrito, asfixiar uma pomba, cortar a nuca de uma galinha, ou dar punhaladas em um porco para que eu coma seus restos. Não é por uma questão de química biológica o motivo de eu ter me passado para as fileiras do ovo-lacto-vegetarianismo, mas pelo imperativo moral de que minha vida não seja mantida às custas da vida de outros seres.”

- Dr.Eduardo Alfonso, médico naturista espanhol


“Eu comprei 2 chimpanzés machos de uma fazenda de criação na Holanda. Eles viveram em jaulas separadas, uma perto da outra, por muitos meses, até que usei um deles como doador de coração. Quando nós o sacrificamos, em sua jaula, em preparação para a cirurgia, ele gritava e chorava incessantemente. Não achamos o fato significante, mas isso deve ter causado grande trauma no seu companheiro, pois quando removemos o corpo para a sala de operação, o outro chimpanzé chorava copiosamente e ficou inconsolável por dias. Esse incidente me tocou profundamente. Eu jurei nunca mais fazer experimentos em criaturas tão sensíveis.”

Dr.Christian Barnard (médico que fez o primeiro transplante de coração em humanos.)


” Peço o privilégio de não nascer… não nascer até que você possa me garantir um lar e um mestre para me proteger, assim como o direito de viver enquanto meu corpo estiver saudável e eu puder gozar a vida… não nascer até que meu corpo seja algo precioso e o ser humano tenha parado de explorá-lo apenas por ser barato e estar disponível em grande quantidade.”

Autor desconhecido


“Pode alguém considerar um ser vivente como propriedade, investimento, um pedaço de carne, uma “coisa” , sem degenerar em crueldade contra essa criatura?”

-Karen Davis, PhD (Prisoned Chickens, Poisoned Eggs; 1996)


“Não ter conhecido vida melhor não alivia o sofrimento do animal. Seus desejos fundamentais permanecem e é a frustração desse desejo, que constitui grande parte de seu sofrimento. Há muitos exemplos: a vaca leiteira, que nunca tem permissão para amamentar seu bezerro, as galinhas poedeiras, que nunca podem andar ou mesmo esticar suas asas, a porca, que nunca pode fazer seu próprio ninho ou encontrar sua comida na natureza, etc. Por fim, nós frustramos o desejo mais fundamental de todos do animal – o de viver”

–David Cowles-Hamar.


“Médicos que defendem a vivissecção não merecem nenhum reconhecimento na sociedade, pois sua brutalidade é aparente não apenas durante os experimentos, mas em sua vidas, na prática médica. São homens que não se deixam deter por nada, para satisfazer seu desejo implacável e insensível de receber honras e ganhos.”

–Dr. med. Hugo Knecht, Otorrinolaringologista, Linz, 5 de Outubro de 1909


“Naquela noite, no meu saco de dormir, no chão da cabana, sonhei que un castor enorme subia na minha jaqueta-travesseiro. Isso me acordou e eu senti alguma coisa movendo no meu cabelo e depois se retirando pro chão.No feixe de luz da minha lanterna, havia uma pequena ratinha de patas brancas e em sua boca um grande chumaço do que parecia ser meu cabelo. Ela saiu correndo pra um canto onde havia um braço de cadeira quebrado. Esperei no escuro e ela subiu de novo na minha cabeça e suas pequenas mãozinha rosadas e seus dentes cortaram o comprimento necessário de cabelo para aquele ninho. Voltei a dormir pensando o quanto era bom saber que o homem, a única verdadeira praga na Natureza teve, por fim, uma utilidade para ao menos uma “pessoinha” naquele vasto deserto.”

–Dr. Harry Lillie, 1975.


“Eu desprezo e abomino desculpas em nome da infame prática da vivissecção…Eu preferiria ser submetido à pior das mortes, aguentando dor indefinidamente, a ter um único cão ou gato torturado , sob o pretexto de me dar alguns momentos de alívio.”

- Robert Browning (poeta)


“É somente pelo amaciamento e disfarce da carne morta através do preparo culinário, que ela é tornada suscetível de mastigação ou digestão e que a visão de seus sucos sangrentos e horror puro não criam um desgosto e abominação intoleráveis.”

- Percy Bysshe Shelley


“No momento, nosso mundo de humanos é baseado no sofrimento e na destruição de milhões de não-humanos. Aperceber-se disso e fazer algo para mudar essa situação por meios pessoais e públicos, requer uma mudança de percepção, equivalente a uma conversão religiosa. Nada poderá jamais ser visto da mesma maneira, pois uma vez reconhecido o terror e a dor de outras espécies, você irá, a menos que resista à conversão, ter consciência das permutações de sofrimento interminável, em que se apóia a nossa sociedade.”

–Arthur Conan Doyle


“A carne é o alimento de certos animais. Todavia, nem todos, pois os cavalos, os bois e os elefantes se alimentam de ervas. Só os que têm índole bravia e feroz, os tigres, os leões etc. podem saciar-se em sangue. Que horror é engordar um corpo com outro corpo, viver da morte de seres vivos.”

Pitágoras


“ Sinto pena de mulheres que continuam comprando casacos de pele, pois nelas faltam dois dos mais importantes requisitos para uma mulher: coração e sensibilidade.”

-Jayne Meadows (Atriz)


“Eu fiz lavagem cerebral em crianças, induzindo-as fazer o que é errado. Quero pedir desculpas por ter promovido uma empresa que fatura milhões matando animais.”

-Geoffrey Guiliano, o ator principal do personagem Ronald McDonald, nos anos 80, quando pediu demissão e se desculpou publicamente.


“Olhe no fundo dos olhos de um animal e, por um momento, troque de lugar com ele. A vida dele se tornará tão preciosa quanto a sua e você se tornará tão vulnerável quanto ele. Agora sorria, se você acredita que todos os animais merecem nosso respeito e nossa proteção, pois em determinado ponto eles são nós e nós somos eles.”

–Philip Ochoa


“Coloque uma criança pequena num chiqueirinho, com uma maçã e um coelho de verdade. Se ela comer a maçã e brincar com o coelho, ela é normal; mas se ela comer o coelho e brincar com a maçã, eu lhe compro um carro novo. Em algum momento ao longo de nosso trajeto, fomos ensinados a fazer a coisa errada.”

–Maynard


“A vida é valor absoluto. Não existe vida menor ou maior, inferior ou superior. Engana-se quem mata ou subjuga um animal por julgá-lo um ser inferior. Diante da consciência que abriga a essência da vida, o crime é o mesmo.”

Olympia Salete


” O animal selvagem e cruel não é aquele que está atrás das grades. É o que está na frente delas.”

Axel Munthe


“O homem implora a misericórdia de Deus mas não tem piedade dos animais, para os quais ele é um deus. Os animais que sacrificais já vos deram o doce tributo de seu leite, a maciez de sua lã e depositaram confiança nas mãos criminosas que os degolam. Ninguém purifica seu espírito com sangue. Na inocente cabeça do animal não é possível colocar o peso de um fio de cabelo das maldades e erros pelos quais cada um terá de responder.”

Gautama Buda


” O circo ensina as crianças a rir da dignidade perdida dos animais. Nesse caso, a ‘humanização’ dos bichos reflete claramente a falta de humanidade das pessoas projetada em um macaco de vestido, camuflada sob os risos.”

Olegário Schmitt


“Os animais que você come não são aqueles que devoram outros, você não come as bestas carnívoras, você as toma como padrão. Você só sente fome pelas criaturas doces e gentis que não ferem ninguém, que o seguem, o servem, e que são devoradas por você como recompensa de seus serviços.”

Jean-Jacques Rousseau em “Emile”


“O Homem é o único animal que consegue estabelecer uma relação amigável com as vítimas que ele pretende comer”.

– Samuel Butler- (Novelista Inglês – 1835-1902)


“Esse direito – o de matar um veado ou uma vaca – nos parece natural porque nós estamos no alto da hierarquia. Mas bastaria que um terceiro entrasse no jogo, por exemplo, um visitante de outro planeta a quem Deus tivesse dito: Tu reinarás sobre as criaturas de todas as outras estrelas, para que toda a evidência do Gênese fosse posta em dúvida. O homem atrelado à carroça de um marciano – eventualmente grelhado no espeto por um visitante da Via-Láctea – talvez se lembrasse da costeleta de vitela que tinha o hábito de cortar em seu prato. Pediria (tarde demais), desculpas à vaca.”

– Milan Kundera


“O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas criaturas.”

– Salmos 145:9


“Se experiências em animais fossem abandonadas, a humanidade teria tido um avanço fundamental.”

– Richard Wagner


“Eu temo pela minha espécie quando penso que Deus é justo.”

- Thomas Jefferson


“Um indivíduo animal precisa de cuidados não porque sua espécie esteja em extinção e sim porque esse indivíduo está sentindo dor.”

–Ronnie Lee (1951)


“A verdadeira bondade do homem só pode se manifestar com toda a pureza, com toda a liberdade, em relação àqueles que não representam nenhuma força. O verdadeiro teste moral da humanidade (o mais radical, num nível tão profundo que escapa ao nosso olhar) são as relações com aqueles que estão à nossa mercê: os animais. é aí que se produz o maior desvio do homem, derrota fundamental da qual decorrem todas as outras.”

– Milan Kundera


“Falai aos animais, em lugar de lhes bater.”

– Tolstoi


“É somente pelo amaciamento e disfarce da carne morta através do preparo culinário, que ela é tornada suscetível de mastigação ou digestão e que a visão de seus sucos sangrentos e horror puro não criam um desgosto e abominação intoleráveis.”

Percy Bysshe Shelley


“Os sacrifícios foram inventados pelo homem como pretexto para comer carne.”

– Clemente de Alexandria


“Em termos de evolução, bem maior é o débito da Humanidade para com os animais do que o crédito que lhes temos dispensado para seu bem-estar e progresso.”

– Eurípedes Kuhl


“Se podemos cortar bestas simplesmente porque elas não podem nos impedir e porque estamos dando as costas ao direito à vida, então é lógico cortar imbecís, criminosos, inimigos ou capitalistas, pelas mesmas razões”

- C. S. Lewis (Novelista)


“Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais.”

– Abraham Lincoln


“Em se tratando de fidelidade, devoção, amor, muitos homens estão aquém do cão ou do cavalo. Que maravilhoso seria se pudessem ao menos antes do julgamento final, afirmar: ‘Eu tenho amado tão verdadeiramente ou sido tão decente quanto o meu cão.’ E ainda assim os chamam de ‘apenas animais!’ “

– Henry Ward Beecher (Abolicionista)


“Jamais creia que os animais sofrem menos do que os humanos. A dor é a mesma para eles e para nós. Talvez pior, pois eles não podem ajudar a si mesmos.”

– Dr. Louis J. Camuti


“O justo olha pela vida dos seus animais.”

– Provérbios 12:10


“Não podemos ver a beleza essencial de um animal enjaulado, apenas a sombra de sua beleza perdida”

– Julia Allen field, 1937


” Há muito de verdade no dito de que o homem se torna aquilo que come. Quanto mais grosseiro o alimento tanto mais grosseiro o corpo.”

Ghandi

“Pois misericórdia quero, e não sacrifícios; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.” – Oséias 6:6


“Se os matadouros tivessem paredes de vidro, todos seriam vegetarianos. Nós nos sentimos melhores com nós mesmos e melhores com os animais, sabendo que nós não estamos contribuindo para o sofrimento deles.”

– Paul e Linda McCartney


“O erro da ética até o momento tem sido a crença de que só se deva aplicá-la em relação aos homens.”

– Dr. Albert Schweitzer


“Não sou basicamente um conservacionista. Quando a última baleia for massacrada, como certamente um dia acontecerá, o sofrimento delas vai acabar. Essa não é uma perda para a baleia, mas para a espécie humana. Não estou preocupado com com extinção de espécies – isso é loucura dos homens – Eu tenho uma única preocupação: o sofrimento que nós deliberadamente infligimos nos animais enquanto estão vivos.”

–Clive Hollands (1929)


“A proteção dos animais faz parte da moral e da cultura dos povos.”

– Victor Hugo


“Respeite os mais velhos e celebre os jovens. Mesmo insetos, a grama e as árvores você deve nunca maltratar.”

— Ko Hung (284-363 AC – Confucionista-Taoísta)


“Um homem é verdadeiramente ético apenas quando obedece sua compulsão para ajudar toda a vida que ele é capaz de assistir, e evita ferir toda a coisa que vive.”

– Albert Schweitzer (1875-1965)


“Se vires deitado debaixo da sua carga o jumento daquele que te odeia, não passarás adiante; certamente o ajudarás a levantá-lo.”

- Êxodo 23:5


“Se vires o jumento ou o boi de teu irmão caídos no caminho, não te desviarás deles; sem falta o ajudarás a levantá-los.”

- Deuteronômio 22:4


“Quem mata um boi é como o que tira a vida a um homem.”

– Isaías 66:3


“Matar animais por esporte, prazer, aventura e por suas peles, é um fenômeno que é ao mesmo tempo cruel e repugnante. Não há justificativa na satisfação de uma brutalidade dessas.”

– Sua Santidade Dalai Lama (1935-)


“A compaixão para com os animais é das mais nobres virtudes da natureza humana.”

– Charles Darwin


“De todas as espécies a humana é a mais detestável. Pois o Homem é o único ser que inflige dor por esporte, sabendo que está causando dor.”

– Mark Twain (Escritor)


“Enquanto o homem continuar a ser destruidor impiedoso dos seres animados dos planos inferiores, não conhecerá a saúde nem a paz. Enquanto os homens massacrarem os animais, eles se matarão uns aos outros. Aquele que semeia a morte e o sofrimento não pode colher a alegria e o amor.”

– Pythagoras


“Nós somos sepulturas vivas de bestas assassinadas, abatidas para satisfazer nossos apetites. Como podemos esperar neste mundo, a paz de que tanto ansiamos? “

- George Bernard Shaw (Living Graves, published 1951)


“Os animais dividem conosco o privilégio de terem uma alma. “

– Pythagoras


“Nao estou interessado em saber se a vivissecção produz ou não resultados lucrativos para a raça humana … A dor que ela inflige sobre os animais à sua revelia é a base da minha inimizade contra ela, e isso é justificativa suficiente para a minha inimizade, sem mais considerações.”

Mark Twain (Escritor)


“A Vivissecção é bárbara, inútil e um impecilho ao progresso científico.”

– Dr. Werner Hartinger (Cirurgião, Alemanha, 1988) Chief Surgeon, Alemanha Ocidental, 1988


“Não haverá justiça enquanto o homem empunhar uma faca ou uma arma e destruir aqueles que são mais fracos que ele.”

- Isaac Bashevis Singer ( Nobel – 1978 )


“Eu não tenho dúvidas que é parte do destino da raça humana, na sua evolução gradual, parar de comer animais.”

– Henry David Thoreau


“Enquanto estivermos matando e torturando animais, vamos continuar a torturar e a matar seres humanos – vamos ter guerra. Matar precisa ser ensaiado e aprendido em pequena escala; enquanto prendermos animais em gaiolas, teremos prisões, porque prender precisa ser aprendido em pequena escala; enquanto escravizarmos os animais, teremos escravos humanos, porque escravizar precisa ser aprendido em pequena escala.”

– Edgar Kupfer-Koberwitz


“O destino dos animais é muito mais importante para mim do que o medo de parecer ridículo.”

– Émile Zola


“O que eu penso da vivissecção é que se as pessoas acham que têm o direito de tirar a vida ou arriscar a vida de seres viventes para o benefício da maioria, entao nao haverá limite para a sua crueldade.”

Leon Tolstoy (Escritor)


“Os vapores das comidas com carne obscurecem o espírito. Dificilmente pode-se ter virtude se se desfruta de comidas e festas em que haja carne. No paraíso terreno não havia vinho, nem sacrifício de animais e tampouco se comia carne.”

- São Basílio


“Entre a brutalidade para com o animal e a crueldade para com o homem, há uma só diferença: a vítima.”

– Lamartine


“Aos estudar as características e a índole dos animais, encontrei um resultado humilhante para mim.”

– Mark Twain (Escritor)


“Virá o dia em que a matança de um animal será considerada crime tanto quanto o assassinato de um homem.”

- Leonardo da Vinci


“Pergunte para os vivisseccionistas por quê eles experimentam em animais e eles responderão: ‘Porque os animais são como nós’. Pergunte aos vivissecccionistas por quê é moralmente ‘OK’ experimentar em animais e eles responderão: ‘Porque animais não são como nós’. A Experimentação animal apoia-se em contradição de lógica.”

– Professor Charles R.Magel (1920)


“Em meu pensamento, a vida de um cordeiro nao é menos importante que a vida de um ser humano.”

– Mahatma Gandhi (Estadista e filosofo)


“Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem… Deus quer que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.”

– São Francisco de Assis


“Não há diferenças fundamentais entre o homem e os animais nas suas faculdades mentais…os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento.”

– Charles Darwin


“Eu sou a favor dos direitos animais bem como dos direitos humanos. Essa e’ a proposta de um ser humano integral.”

– Abraham Lincoln (Presidente Americano)


“Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser dacriação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seu semelhante.”

– Albert Schwweitzer ( Nobel da Paz – 1952 )


“Atrocidades nao sao atrocidades menores quando ocorrem em laboratórios, ou quando recebem o nome de ‘pesquisa médica’.”

-George Bernard Shaw (Dramaturgo, Nobel 1925)


“Os animais são meus amigos…e eu não como meus amigos.”

– George Bernard Shaw ( Nobel – 1925 )


“Primeiro foi necessário civilizar o homem em relação ao próprio homem. Agora é necessário civilizar o homem em relação a natureza e aos animais.”

– Victor Hugo


“Um homem só é nobre quando consegue sentir piedade por todas as criaturas.”

-Buda (563? – 483? A.C.)


“Se fôssemos capazes de imaginar o que se passa, constantemente, nos laboratórios de vivissecação, não poderíamos dormir em paz e em nenhum dia estaríamos felizes e tranqüilos.”

– Dr. Ralph Bircher


“Se você pudesse ver ou sentir o sofrimento, você certamente não pensaria duas vezes. Devolva a vida. Não coma carne.”

– Kim Basinger


“Mutilar animais e chamar isso de ‘Ciência’ justifica a condenação da espécie humana ao inferno moral e intelectual … essa repugnante Idade das Trevas da tortura impensada dos animais tem que ser superada.”

Grace Slick (Músicista)


“A civilização de um povo se avalia pela forma que seus animais são tratados.”

- Humboldt


“Até que tenhamos coragem de reconhecer crueldade pelo que ela é – seja a vítima um animal humano ou não humano – não podemos esperar que as coisas melhorem neste mundo…não podemos ter paz vivendo entre homens cujos corações se deleitam em matar criaturas vivas. Para cada ato que glorifica o prazer de matar, estamos atrasando o progresso da humanidade.”

– Rachel Carson


“A não- violência leva-nos aos mais altos conceitos de ética, o objetivo de toda evolução. Até pararmos de prejudicar todos os outros seres do planeta, nós continuaremos selvagens.”

- Thomas Edison


“Se eu tivesse outra vida, dedicá-la-ia inteiramente à luta contra a vivissecção.”

– Bismark


“Crueldade é algo que está presente em famílias humanas por incontáveis eras. É quase impossível alguém que é cruel com os animais ser generoso com as crianças. Se se permite às crianças a crueldade contra seus animais de estimação ou outros que cruzem seus caminhos, elas aprenderão facilmente a ter o mesmo prazer com a miséria de seus semelhantes. Essas tendências podem facilmente levá-las ao crime”

– Fred A.McGrand (1895)


“Por que é que o sofrimento dos animais me comove tanto? Porque fazem parte da mesma comunidade a que pertenço, da mesma forma que meus próprios semelhantes.”

– Émile Zola


“… vários vivisseccionistas ainda alegam que o que eles fazem ajuda a salvar vidas humanas. Eles estão mentindo. A verdade é que os experimentos em animais matam pessoas, e os pesquisadores em animais são responsaveis pelas mortes de milhares de homens, mulheres e crianças a cada ano.”

Dr. Vernon Coleman (Membro da Sociedade Real de Medicina, Inglaterra)


“A grandeza de uma nação pode ser julgada pelo modo que seus animais são tratados”

– Mahatma Gandhi


“Como zeladores do planeta, é nossa responsabilidade lidar com todas as espécies com carinho, amor e compaixão. As crueldades que os animais sofrem pelas mãos dos homens está além do nossa compreensão. Por favor, ajude a parar com esta loucura.”

– Richard Gere


“A questão não é eles pensam ? ou eles falam ? A questão é eles sofrem.”

(Jeremy Bentham)


“Geralmente as pessoas usam como desculpa para continuar comendo carne, o fato de que humanos sempre comeram carne. De acordo com essa lógica, não deveríamos tentar previnir pessoas de assassinarem outras, já que esse comportamento também acontece desde as eras mais longínquas.”

-Isaac Bashevis Singer (1904- )


“A compaixão pelos animais está íntimamente ligada a bondade de carácter, e pode ser seguramente afirmado que quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem.”


– Arthur Schopenhauer


“A vivissecção é o pior de todos os piores crimes que o homem está atualmente cometendo contra Deus e sua bela criação.”


Mahatma Gandhi (Estadista e filósofo)


“De que serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? diz o Senhor. Estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes, quando vindes para comparecerdes perante mim. Quem requereu de vós isto? Que viésseis pisar os meus átrios? Não continueis a trazer ofertas vãs.”


– Isaías 1:11-13


“Um homem pode viver uma vida saudável sem ter que matar animais para comer; portanto se ele come carne, participa do ato de tirar a vida de uma criatura meramente para saciar seu apetite. E agir dessa maneira é imoral.”


-Leon Tolstoy


“Não permitas que ninguém negligencie o peso de sua responsabilidade. Enquanto tantos animais continuam a ser maltratados, enquanto o lamento dos animais sedentos nos vagões de carga não sejam emudecidos, enquanto prevalecer tanta brutalidade em nosso matadouros… todos seremos culpados. Tudo o que tem vida tem valor como um ser vivo, como uma manifestação do mistério da vida.”

– Albert Schweitzer


“Todos os seres vivos buscam a felicidade; direcione sua compaixão para todos.”

-Mahavamsa (Budista)


“Nossa tarefa deveria ser nos libertarmos … aumentando o nosso círculo de compaixão para envolver todas as criaturas viventes, toda a natureza e sua beleza.”

– Albert Einstein (fisico, Nobel 1921)


“Não comer carne significa muito mais para mim que uma simples defesa do meu organismo; é um gesto simbólico da minha vontade de viver em harmonia com a natureza. O homem precisa de um novo tipo de relação com a natureza, uma relação que seja de integração em vez de domínio, uma relação de ser dentro dela e vez de possuí-la. Não comer carne simboliza respeito à vida universal.”

Pierre Weil

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Faça sua encomenda!

 

Veja nosso endereço:

VRINDA Aclimação
R. Muniz de Sousa, 774
Tel.: (11) 5908-1361
vrindabr@ig.com.br vrindabr.blogspot.com

                                 Atenção: Pedidos com 3 dias de antecedência                           


Instruções para uma encomenda auspiciosa:

1. Veja todas opções, se delicie com nosso belo cardápio

2. Considere as opções mais saudáveis, saborosas e que prejudiquem menos o meio ambiente :) Confira a página "Consciência"

3. Ligue no VRINDA (5908-1361), procure por Gourangi ou Agnes e faça seu pedido. Outra alternativa (mais fácil para nós) é escrever um email para vrindabr@ig.com.br

4. Venha buscar sua encomenda e aproveite para conhecer nosso espaço e atividades: Escola de Yoga, Academia Vaisnava (cursos de culinária), Festival indiano, Loja - você ficará encantado!

5. SE DELICIE!



6. Recomende a seus amigos.